domingo, 28 de dezembro de 2008

"Cidade da Música" e o embalo do Prefeito.





Foto:
Fábio Motta/AE


Final de mandato... E uma grande obra inacabada. Você já deve ter "ouvido" isso antes?! Mas não ao som da "Cidade da Música", no Rio de Janeiro, né?!
A inauguração(mesmo sem estar pronta) rolou sexta e ontem. E durante a cerimônia nesse sábado o prefeito Cesar Maia caiu... Tadinho.
Mas mais do que a "Cidade da Música" não estar pronta na Cidade Maravilhosa são os altos valores R$$$$$ para não inaugurá-la... É... Na data certa.
No dia 18 deste mês, Eduardo Paes comentou que fará uma auditoria nas contas da Cidade da Música para saber o verdadeiro custo do complexo cultural, que já está em R$ 518,6 milhões.
Os gastos com a construção da Cidade da Música foram inclusive objeto de investigação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara de Vereadores do Rio. Após 180 dias de trabalho, a CPI terminou em novembro, sem saber o quanto se vai gastar e se a obra está com preço compatível com os de mercado. No início da construção da Cidade da Música o valor chegava a R$ 80 milhões...


2ps: Saúde, Educação... Dançaram com mais esse ritmo e embalo da música do Cesar Maia. Mas "ele" sempre levanta porque o povo vota, escolhe...
Vamos nessa... Agora é Com Paes!

8 comentários:

  1. ihhhhhhhhhh. tratando de política, tudo vira piada.

    ResponderExcluir
  2. final de mandadato e uma inauguração por dia tem gente que inaugura ate obra que não começou.

    http://blogdojoaoh.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. huahuahua
    Adoro esse tipo de assunto...polemico...informativo mas com um toque de ironia e humor...

    gostei pra caramba...
    Como eu disse em um post meu...
    O POVO TEM QUE TEM Q FAZER ALGO...HEGA DE PIZZA, TA NA HORA DE MUDAR O PRATO!

    ResponderExcluir
  4. Eu queria ver é aquilo desabar na estréia.

    Não, não a obra, mas sim o prefeito.

    HÁ!


    http://quartodealuguel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. 'Detalhe' oculto em seu post: a coclusão está orçada em R$ 100 milhões! Sabia?

    'Detalhe'2: não sei se por vaidade ou... Paes, já disse que não priorizará esta obra. Ou seja, já afirmou que largará de mão...

    ResponderExcluir
  6. Uma pena não ter batido a cabeça...rs...brincadeira...rs...Vou linkar você, gostei muito da forma que escreve e seu blog é muito maneiro!

    Feliz 2009!

    www.olhaquemaneiro.com.br

    ResponderExcluir
  7. Pronto! agora estou acompanhando e linkei você...rs.

    www.olhaquemaneiro.com.br

    ResponderExcluir
  8. Anônimo9.1.09

    Vc é muito competente!!! Adorei!!!
    Sempre mostrando de forma cômica voltada a reflexão!!!
    muito bommmmmmm!!!!

    ResponderExcluir

PP

Formada em Comunicação Social pela PUC-Rio. Jornalista e produtora audiovisual (e qualquer quebra-galho haha), foi repórter do "Jornal dos Sports", nas editorias de Educação, Cultura & Oportunidades, Saúde, Mais Esportes, e especiais de Futebol, entre 02 e 04. Em televisão, produziu e dirigiu o Programa Pessoa Portadora de Deficiência em Debate (TV Alerj), com Georgette Vidor - quando atuou como sua Assessora de Imprensa, durante nove meses. Passou na seleção do programa Estagiar da "TV Globo" - 04/2005 - para a produção de reportagem da Editoria Rio. Produziu reportagens para os jornais RJTV - primeira e segunda edição, Bom Dia Rio e colaborou com a produção de reportagem do Jornal Nacional, Bom Dia Brasil, Jornal Hoje e Jornal da Globo. Produziu também o Globo Cidade. Foi colaboradora da produção de reportagem do Fantástico, onde buscava personagens e pautas. Produziu o Documentário "Saúde do Professor" para a TV Escola - MEC, 2008. Também dirigiu e produziu o documentário "Hácesso" (34 minutos), com o apoio do cineasta Silvio Tendler, que foca o dia-a-dia de quatro pessoas com diferentes tipos de deficiência (superação, sexualidade, trabalho foram uns dos temas focados). Trabalhou durante dois anos na produtora audiovisual Comunicação Alternativa-Comalt onde produziu o longa-metragem "Alô, Alô, Terezinha", filme sobre Chacrinha, de Nelson Hoineff e outros produtos audiovisuais (TV, Cinema e Celular). Em 2009, passou novamente por um perído de reportagem do Fantástico, na Rede Globo. Em setembro de 2009, recebeu o convite do humorista Tom Cavalcante para Roteirista/ Participar da equipe do "Show do Tom", da Rede Record onde ficou até o fim do programa - dezembro de 2011. Em abril de 2012, recebeu o convite para integrar a equipe, como produtora de Reportagem, do novo programa da jornalista-apresentadora Fátima Bernardes, na Rede Globo.


Muitas ideias na cabeça e vontade...





Já colaborou com a comunicação da ONG CVI-Rio direcionada às pessoas com deficiência. Fez muitos bicos de assessorias de imprensa e eventos com escritores do Rio de Janeiro. Mas o primeiro trampo foi como animadora infantil - animou cerca de 300 "parabéns" - com as equipes "Tio Rodrigo"; "Rá, Tim, Bum" e por conta própria... E como aprendeu nessas festas. :)




Jornalismo como Missão. Humor para a Vida...



Buscar a verdade. Responsabilidade Social, muita "responsa"... Trabalhar em Equipe é fundamental para um sucesso de qualquer produto. Ajude quem estiver ao seu lado, independente da atitude do outro. Seja Grato e Gentil. Ética, Persistência (muita persistência), humildade e acreditar em si mesmo também são essenciais. Criatividade (opine), Ousadia e bom-senso. Faça Acontecer. Seu trabalho tem que ser uma diversão pra você. Fique ligado na Tecnologia. Não se "surpreenda" com alguma atitude negativa do seu próximo, apenas tente fazer a diferença naquilo que acredita, naquilo que faz. Não se "surpreenda" se toda sua força e desempenho incomodar - respire forte e continue trabalhando. Você vai "surpreender". A gente colhe o que planta e o mundo dá voltas, muitas voltas...

Sempre Estude muito sua área e um pouquinho das outras. Alguma atividade que ajude às pessoas, mesma que uma hora e outra. Esteja "perto de verdade", curta ao máximo aqueles que gosta, por menor que seja o tempo. É preciso se divertir fora do trabalho para este render mais e mais... E geralmente, as melhores idéias, pautas não acontecem em assembléias, mas nessas horas de lazer. Aprendizado?!?! Eternamente - até o último suspiro... Uffaaaaaaaaaaaaaa! Vamo que vamo...